Carolina Braga | Fundación Gabo

Carolina Braga

O escritor Gilberto Tejeda, credita a ausência de Gabriel García Márquez em Aracataca pelo enorme assédio. Gabo é um homem de hábitos simples, tal como seus conterrâneos, como diz Tejeda. “Aracataca é um lugarejo onde todos os escritores, pintores, poetas somos silvestres, como as borboletas amarelas”...

Hoje eu quero voltar sozinho se passa em São Paulo, mas poderia não ser. A ausência de um cenário determinado para a trama é uma forma também de reafirmar o quão atemporal e ocasional ela pode ser. Não interessa ao longa problematizar, mas apresentar e aqui está seu ponto fraco.

©Fundación Gabo 2021 - Todos los derechos reservados.